Zeca Ligiéro

É autor, diretor e artista visual. PhD pela New York University (NYU) e pós-doutor pela Yale University (Estados Unidos) e na Paris VII, é professor do Departamento de Direção e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (PPGAC-UNIRIO), e coordenador do Núcleo de Estudos das Performances Afro-Ameríndias (NEPAA). É, ainda, pesquisador Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Atua principalmente nas linhas de estudos da performance afro-brasileira e do teatro experimental. Publicou Divine inspiration from Benin to Bahia (University of New Mexico Press, 1998), Iniciaciónal Candomblé (Panamericana, 1995), Malandro Divino (Nova Era, 2004), Carmen Miranda: uma performance afro-brasileira (Publit Soluções Editoriais, 2006), Teatro e dança como experiência comunitária (EDUERJ, 2009) e Corpo a corpo, estudos das performances brasileiras (Garamond, 2011). Como organizador, publicou Performance e Antropologia de Richard Schechner (Mauad, 2012). Colaborou com um ensaio no livro História e arte: herança, memória, patrimônio (2014).