Sérgio Medeiros

Sérgio Medeiros é poeta, artista visual, contista, dramaturgo e tradutor. Recebeu o prêmio  literário Biblioteca Nacional 2017 na categoria Poesia, com a obra A idolatria poética ou a febre de imagens.  Traduziu o poema maia “Popol Vuh” com Gordon Brotherston. Organizou a antologia de mitos amazônicos Makunaíma e Jurupari. Colabora em jornais, como Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. É autor do livro de poesia visual Dicionário de hieróglifos, publicado pela Rafael Copetti Editor. Ensina literatura na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).