Juliana de Abreu

Mestre em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é doutoranda pela mesma universidade. Desde 2012 é membro do Grupo de Pesquisa TRAC – Tradução e Cultura. Utilizando-se do gênero textual de receitas culinárias, pesquisa as variedades nacionais alemã e austríaca da língua alemã. É também bacharel em Biblioteconomia (2003) e Especialista em Gestão de Bibliotecas (2006) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), com experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Gestão da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão de bibliotecas universitárias, informatização de bibliotecas, catalogação, classificação, indexação e treinamento de usuários. Pela Rafael Copetti Editor, traduziu em conjunto a Análise textual em tradução: bases teóricas, métodos e aplicação didática (2016).