Jonas Tenfen

jonas-tenfenÉ bacharel em Letras – Português pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tradutor de Diários íntimos, de Charles Baudelaire (Caminho de Dentro, 2013), também verteu para o português, junto com Juliana Steil, A época da inocência, que garantiu o Pulitzer de 1921 à americana Edith Wharton (Bestbolso, 2011); e, com Isabel de Oliveira Duarte e Marcos Bagno, As políticas linguísticas, do linguista francês Louis-Jean Calvet (Parábola, 2007). Pela Rafael Copetti Editor, traduziu junto com Pedro de Souza, Michel Foucault, a literatura e as artes (2014), organizado por Philippe Artières.