João do Rio

É o pseudônimo literário de Paulo Barreto. Jornalista, cronista, contista e teatrólogo, nasceu no Rio de Janeiro em 1881, e faleceu na mesma cidade em 1921. Aos 16 anos, ingressou na imprensa, notabilizando-se como o primeiro jornalista brasileiro a ter o senso da reportagem moderna, dentre as quais se tornou célebre o inquérito O momento literário, reunido em livro pela primeira vez em 1909, sendo ainda hoje uma excelente fonte de informações acerca do movimento literário do final do século XIX no Brasil. A nova edição desse inquérito, lançado pela Rafael Copetti Editor (2019) conta com a organização de Silvia Maria Azevedo e Tania Regina de Luca, autoras da introdução e das notas.